Blog


17/06/2019 Medicina

Como fazer a gestão de estoque de sua clínica médica da forma correta?

Aprenda com essas dicas como controlar o estoque adequadamente em sua clínica ou consultório

Como fazer a gestão de estoque de sua clínica médica da forma correta?

Se você possui ou trabalha em uma clínica, com certeza deve administrar situações que exigem bastante profissionalismo. A gestão de estoque de clínica médica, por exemplo, é algo necessário para que todos os equipamentos e medicamentos sejam organizados da maneira correta.

Levando isso em consideração, neste artigo você encontrará dicas de como melhorar a metodologia nessa função, além de saber a real importância de contar com um gestor para esse setor. Tenha uma boa leitura.

Gestão de estoque de clínica médica: Qual a importância?

Todo centro de atendimento médico ou locais que exijam o armazenamento de produtos, sejam estes da área da saúde ou não, possuem a necessidade de uma administração no setor de estoque.

O desperdício de produtos é evitado por meio desse tipo de ação, principalmente com o controle de compras atendendo as demandas que são realmente necessárias.

Tudo isso resulta em um retorno financeiro benéfico para o negócio, sem gastos excessivos com desperdícios e equilibrando sempre a compra e a venda de itens no local. Mas, como fazer a gestão de estoque de clínica médica da forma certa? Veja algumas dicas a seguir.

1. Tenha o controle do que entra

Todos os produtos que entram no ponto de estoque devem ser controlados. O gestor e seus aliados devem estar cientes da quantidade, data de entrada, características do produto e quando ele deverá ser descartado.

Para ter o controle de tudo é necessária uma construção de planilhas contendo as informações citadas.

2. Separe tudo por sessões

Itens com características hospitalares devem ser separados com segurança e bastante higiene, estando distante de objetos que podem prejudicar a fórmula contida naqueles itens.

Por sua vez, produtos que não irão ser comercializados na clínica, mas sim usados na higienização do local, por exemplo, devem ser armazenados em um lugar específico, atendendo as condições exigidas nas suas embalagens e nunca se misturando com outros produtos.

Todo o cuidado na separação das sessões é necessário, por isso o uso das planilhas é importante também nesse momento, para que haja o controle de todas as áreas da clínica que necessitam desse tipo de gestão.   

3. Tenha conhecimento sobre os fornecedores

Fazer o levantamento de informações acerca dos fornecedores que trabalham com produtos para clínicas médicas é de extrema importância para que seja possível ter acesso aos produtos de maior qualidade e com os melhores valores.

Realizar essa ação é importante para as compras e com certeza traz um retorno benéfico na geração de lucros.

Além de todos os pontos levantados, é válido salientar a relevância do uso da tecnologia em prol da ação de gestão, com aplicativos capazes de atender as demandas aqui citadas.  

Lembre-se também de que uma boa gestão de estoque de clínica médica requer cuidados como levantamentos de estoques realizados com periodicidade, o que é capaz de otimizar ainda mais o armazenamento de produtos e gerar um bom retorno à clínica.

Gostou desse assunto? Então compartilhe o artigo em suas redes sociais para que mais pessoas possam ver essas dicas tão importantes.