Blog


10/10/2018 Notícias

Estudo revela que muito tempo em frente a telas eletrônicas pode ser prejudicial às crianças

O tempo gasto em frente a estes aparelhos está diretamente ligado à cognição, de acordo com pesquisa.

Estudo revela que muito tempo em frente a telas eletrônicas pode ser prejudicial às crianças

É notório que o tempo em frente ao computador tem crescido muito. Seja entre os adultos, ou entre as crianças, o acesso à tecnologia está cada vez mais popular e comum. Mas, quais são os prejuízos dentro deste contexto? Especialmente entre as crianças, estudos já apontam que são muitos os prejuízos trazidos a nova geração e é sobre este tema que trata o artigo.

Primeiramente, quando se fala em tempo em frente ao computador, é necessário destacar que referente ao assunto, não só o computador se mostra como vilão para o desenvolvimento infantil. Apesar de ser em frente ao computador o lugar em que crianças e jovens mais passam suas horas hoje em dia, o estudo menciona todos os tipos de telas.

Portanto, seja o celular ou até mesmo a televisão, é necessário falar deste assunto com a devida importância que ele merece, afinal uma vez que as crianças são o futuro de todas as nações, permitir a diminuição de sua capacidade cognitiva significa um futuro mais limitado.

 

 

Estudo publicado na Lancet Child & Adolescent Health

Nos Estados Unidos da América a matéria que destaca o quanto pode ser prejudicial o tempo em frente ao computador deixou de ser algo apenas teórico. Um estudo publicado na revista Lancet Child & Adolescent Health concluiu, entre outros, que a porcentagem de crianças e jovens que passam menos de 2 horas em frente a telas é cada vez menor.

Neste estudo, apenas 37% das mais de 4 mil crianças mantinham uma rotina um pouco mais saudável por ficar no máximo 2 horas em frente ao computador, celular e televisão. As demais, além de passar muito tempo nas telas, apresentaram atrasos em quesitos como linguagem.

A criatividade é mais prejudicada

Ao deixar a criança ou adolescente por mais de 2 horas diárias em frente a telas o estudo apontou que um dos maiores prejuízos refere-se à criatividade. O cérebro basicamente não precisa pensar, apenas fica no modo automático, o que prejudica o desenvolvimento.

Fique de olho no tempo em frente ao computador, seja exemplo para a criança e a cobre e ensine sempre. Aproveite para compartilhar este conteúdo com seus amigos pais e os instrua a respeito do tema!

Assuntos relacionados: TEMPO EM FRENTE AO COMPUTADOR, ESTUDO.