Blog


30/04/2018 Medicina

Especialidades médicas: Neurologia

Conheça essa especialidade médica responsável pelo sistema nervoso central humano e seus revestimentos.

Especialidades médicas: Neurologia

A neurologia é a especialidade médica encarregada de diagnosticar, tratar e prevenir os problemas estruturais do sistema nervoso central. Entram nessa categoria as doenças que afetam o sistema nervoso central, periférico, autônomo, parassimpático e simpático, etc.

A neurologia teve início no século XIX na França, em Paris. Já aqui no Brasil ela foi devidamente reconhecida como disciplina em 1882, com a publicação do Decreto nº 3.141. Mas, foi apenas 20 anos depois que a primeira escola de neurologia foi fundada por aqui.

O órgão responsável por essa especialidade médica é a Academia Brasileira de Neurologia (ABN), fundada em maio de 1962 no Rio de Janeiro, e hoje encarregada por emitir as avaliações a Título de Especialista.

 

 

Embora a Neurologia seja comumente confundida com a neurocirurgia, vale lembrar que a segunda trata-se da especialização cirúrgica dessa matéria. Já a primeira cuida dos distúrbios clinicamente, com ajuda de fármacos e também através de estudos científicos.

O que faz um neurologista?

Um médico neurologista cuida de todo o sistema nervoso central, bem como dos revestimentos desse aparelho do corpo humano (nervos, tecidos, músculos, vasos sanguíneos, entre outros). Tal profissional pode atuar no atendimento clínico aos pacientes, na neuropediatria, ou ainda em estudos e ensaios clínicos.

Entre as doenças estudadas pelo neurologista, estão:

·      Insônia;

·      Epilepsias;

·      Traumatismo crânio-encefálico;

·      Síndrome de Guillain-Barrê;

·      Doença dos nervos;

·      Problemas na medula espinhal;

·      Ataxia ou distaxia;

·      Doença vascular encefálica;

·      Parkinson;

·      Mal de Alzheimer;

·      Escleroses;

·      Entre outras.

Como especializar-se em neurologia?

Após concluir o curso universitário de medicina, estimado em 6 anos, o formando deve cumprir a residência médica em neurologia pelo período de três anos. Essa especialização pode ser feita em instituições de ensino credenciadas ao MEC (Ministério da Educação e Cultura), ou ainda em estabelecimentos hospitalares credenciados.

Assim que concluir a residência obrigatória, o residente deve prestar concurso emitido pela ABN. Os exames são feitos de forma anual através das provas para Emissão de Título de Especialista.

Após este ciclo o profissional já estará habilitado para trabalhar em equipes multidisciplinares, centros especializados em neurologia, entre outras instituições.

Gostou de aprender mais sobre a neurologia? Aproveite para receber os demais posts da série especialidades médicas em seu email. Registre-se agora mesmo em nossa newsletter e fique por dentro das novidades!