Blog


18/12/2017 Medicina

Especialidades médicas: Endocrinologia e Metabologia

Conheça essa especialidade e descubra como se tornar um endocrinologista.

Especialidades médicas: Endocrinologia e Metabologia

Um médico endocrinologista é o especialista em estudar o sistema endócrino e os hormônios expelidos por ele. O profissional atua no combate e na prevenção de distúrbios hormonais de diversos tipos, oferecendo tratamento clínico e medicamentoso para seus pacientes.

No Brasil essa prática teve início na década de 1950, com a fundação da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM). O órgão, juntamente com a Associação Médica Brasileira (AMB), é o responsável por regulamentar essa especialidade médica no país.

Anualmente a SBEM realiza um exame para qualificação de especialistas nessa área médica. Hoje, a entidade conta com mais de 3.500 associados em todo território nacional.

Com o crescimento de doenças de ordem hormonal no Brasil, essa função vem sendo cada vez mais requerida nos hospitais e clínicas de tratamento. Afinal de contas, o nosso país é um dos campeões em obesidade mórbida, diabetes e outras doenças.

O que trata um endocrinologista?

Como já vimos, cabe ao endocrinologista cuidar dos distúrbios hormonais do corpo humano. Esse profissional pode se especializar de maneira geral, ou então cuidar de sistemas específicos como é o caso na neuroendocrinologia, que cuida dos distúrbios hormonais no cérebro.

Veja algumas responsabilidades desse médico, segundo a SBEM:

  • Diabetes e colesterol;
  • Menopausa e andropausa;
  • Osteoporose;
  • Obesidade mórbida;
  • Distúrbio da tireoide;
  • Excesso ou ausência de pelos;
  • Deficiências de crescimento;
  • Variações hormonais da puberdade;
  • Patologias da Hipófise;
  • Entre outras.

A Metabologia também passou a se relacionar com a endocrinologia. Ela cuida do metabolismo humano e do estilo de vida, que acabam por influenciar na produção hormonal e em outras áreas do corpo humano.

Essa subespecialidade acabou por criar terapias holísticas para mudar o estilo de vida dos pacientes e, assim, combater as doenças ou minimizar os seus efeitos.

Como se tornar um endocrinologista?

Além da formação em medicina padrão, o médico que deseja se especializar nessa área deve fazer uma residência de dois anos em endocrinologia. A residência pode ser substituída, em alguns casos, pelo trabalho comprovado durante 5 anos nessa área.

No Brasil, para atuar nessa área e ser reconhecido como Especialista em Endocrinologia e Metabologia (TEEM), é preciso ainda ser aprovado na prova da SBEM. O exame é realizado anualmente e garante o título e a autorização para trabalhar desses especialistas.

Gostou de aprender mais sobre a endocrinologia e a metabologia? Cadastre-se na Newsletter do Dr. Teuto, receba os demais conteúdos dessa série em seu email e não perca nada.

Assuntos relacionados: especialidades medicas