Blog


01/12/2017 Medicina

Série especialidades médicas: Coloproctologia

Entenda o que faz um coloproctologista e como se especializar nessa área.

Série especialidades médicas: Coloproctologia

Um coloproctologista é o médico responsável pelo tratamento de doenças no intestino grosso, intestino delgado, reto e anus. O especialista, através de exames laboratoriais e clínicos, determina se o tratamento deve ser feito por medicamento ou cirurgia.

Esse profissional também está devidamente capacitado para orientar o paciente sobre doenças intestinais como hemorroidas, câncer na região, fistúla anal e entre outros.

No Brasil essa especialidade médica é regulamentada pela Sociedade Brasileira de Coloproctologia (SBCP). O órgão é responsável pela certificação dos profissionais, congressos anuais de treinamento ou reciclagem e credenciamento.

A coloproctologia, ciência que estuda mais a fundo essa especialidade, já é bem antiga. Estima-se que os primeiros estudos surgiram há mais de 5 mil anos. Sendo John Arderne, considerado o primeiro cirurgião da Inglaterra, o primeiro a publicar documentos nessa especialidade médica.

O que trata um médico coloproctologista?

Como já foi dito, cabe a esse profissional cuidar de doenças relacionadas ao intestino, reto e anus.

Mais quais patologias são de responsabilidade do coloproctologista? Veja algumas delas, a seguir:

  • Câncer colorretal (intestino grosso e reto);
  • Doenças inflamatórias no intestino;
  • Infecções bacterianas ou causadas por vírus;
  • Distúrbios do intestino (constipação, diarreia crônica, síndrome do intestino irritável, etc.);
  • Hemorroidas e fissuras;
  • Incontinência anal;
  • Doenças sexualmente transmissíveis (sífilis, por exemplo);
  • Exame do toque retal;
  • Entre outras.

Vale salientar, no entanto, que costumeiramente a coloproctologia é confundida com a urologia, uma especialidade médica completamente diferente.

 

 

O Urologista cuida do sistema reprodutor e urinário masculino formado pelos rins, ureteres, bexiga, testículos, vesículas seminais, canal deferente, próstata e pênis. Já o proctologista cuida do cólon, reto e anus. Esse especialista médico não trata de doenças relacionadas às atribuições do urologista.

O coloproctologista até realiza o exame de toque retal para diagnóstico do câncer de próstata, no entanto, cabe ao urologista o tratamento desse diagnóstico.

Como se tornar um proctologista?

Para se tornar um coloproctologista o profissional deve se formar em medicina primeiramente. Em seguida, deve fazer uma especialização em cirurgia geral por aproximadamente três anos.

A partir daí, o médico já pode se especializar diretamente em coloproctologia ou proctologia, como era conhecida antigamente. A especialização na área costuma dura entre um e dois anos, após o término do estudo da cirurgia geral.

Depois da formação, o médico coloproctologista deve buscar certificação junto a SBCP para atuar na área. O profissional estará então habilitado a oferecer consultas, exames, cirurgias e diagnósticos de problemas intestinais.

Gostou de aprender mais sobre essa especialidade médica? Cadastre-se em nossa newsletter para ficar por dentro de novas publicações desta série!